Pesquisa Grátis
Esta é a forma mais fácil de encontrar o que você procura neste site.

A matriz de referência proposta para Matemática.

A matriz de referência proposta para Matemática.

Há muitas maneiras e atividades as quais se pode avaliar o domínio dessas capacidades. Um teste escrito é só uma delas. É interessante utilizar testes escritos, quando se quer acompanhar e registrar o desenvolvimento de uma turma ou mesmo de um aluno, ou comparar turmas e alunos de diversos lugares. Por isso, estamos incentivando os alfabetizadores a incluírem, entre as muitas estratégias que devem usar para conhecer as necessidades de seus alunos, a elaboração de um teste, baseado nesta matriz.
Este teste deverá considerar certas condições para sua realização. Na elaboração das questões do teste, deve-se considerar que o aplicador é que vai ler em voz alta os enunciados para os alunos. Esse aplicador fará sempre referência a ilustrações das questões que devem ser criadas para apresentar os dados ou apenas como recurso para que o aluno localize a atividade no teste, principalmente quando os alunos ainda não dominam a leitura. Tais ilustrações devem reproduzir, na proposição das situações, imagens de materiais conhecidos dos alunos em geral, tais como calendário, cédulas e moedas, folhetos de propaganda, cartazes de avisos, material para contagem, etiquetas de preço, etc. Para a execução das tarefas do teste, o aluno disporá do caderno ou da folha de questões, lápis e borracha, e o aplicador deve permitir o recurso a estratégias pessoais de cálculo, como desenhar ou contar nos dedos, por exemplo.

Para elaborar um teste de “múltipla escolha”, é preciso pensar em alternativas de respostas e num modo de colocá-las no caderno ou na folha que vai ser entregue ao aluno, com uma indicação clara para que ele possa saber a que questão aquelas alternativas se referem. Ilustrações em cada questão podem ajudar!
O aluno produzirá sua resposta registrando-a no caderno (ou folha) de questões e, na correção, deve-se aproveitar ao máximo a resposta do aluno, mesmo que o registro não corresponda ao modo de registrar combinado (Por exemplo: se o enunciado pede que se marque a resposta certa entre as opções, e o aluno, em vez de marcá-la, registra o resultado encontrado – e escreve corretamente –, sua resposta deve ser considerada correta, para que não tenhamos dúvidas sobre se ele não domina aquela habilidade, ou se o problema está em sua pouca intimidade com aquele tipo de questão). Finalmente, levando em conta que o foco desta proposta está centrado na ideia de avaliar as habilidades que contribuem para que o sujeito possa agir na sociedade, cabe insistir, mais uma vez, para que os itens do teste sejam elaborados de uma forma contextualizada, em situações da vida dos alunos em que os conhecimentos matemáticos e de leitura e escrita podem contribuir para as suas práticas diárias e possam ajudá-los a compreender e melhorar o mundo em que vivem.
  
Conhecimentos
Competências
Descritores
Números
C1.
Realizar Contagens.
D01. Realizar contagens de pequenas quantidades.
D02. Realizar contagens de quantidades maiores (por agrupamento ou outras estratégias).
D03. Realizar contagem de quantias em dinheiro com cédulas e moedas.
C2.
Reconhecer os algarismos.
D04. Associar o algarismo ao seu nome
C3.
Ler números
D05. Ler números naturais de 2, 3 ou 4 algarismos.
D06. Ler números decimais que expressam valor monetário.
C4.
Escrever números
D07. Escrever números de 2, 3 ou 4 algarismos
C5.
Comparar números
D08. Comparar números naturais (escritos no sistema de numeração decimal).
D09. Comparar números decimais que expressam valor monetário.
Operações.
C6.
Resolver problemas envolvendo adição ou subtração.
D10. Resolver problemas envolvendo adição ou subtração de números naturais ou de quantias em dinheiro por qualquer método, para a produção de uma resposta aproximada
D11. Resolver problemas envolvendo adição de números naturais ou de quantias em dinheiro por qualquer método, para a produção de uma resposta exata.
D12. Resolver problemas envolvendo subtração de números naturais ou de quantias em dinheiro por qualquer método, para a produção de uma resposta exata.
C7.
Resolver problemas envolvendo multiplicação.
D13. Resolver, por qualquer método, problemas envolvendo multiplicação, com a ideia de adição repetida, e em que o multiplicador é um número natural menor do que 10.
C8.
Resolver problemas envolvendo divisão.
D14. Resolver, por qualquer método, problemas envolvendo divisão com a ideia de partilha, em que o divisor é um número natural menor do que 10.
C9.
Resolver problemas envolvendo adição e multiplicação associadas.
D15. Resolver problemas envolvendo a adição de produtos de números naturais (menores que 10) ou de um número natural (menor que 10) multiplicado por um número decimal representando quantias em dinheiro.

C10.
Resolver problemas envolvendo operações de adição e subtração.
D16. Resolver problemas envolvendo uma sucessão de operações de adição e subtração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Complemente esta postagem com suas sugestões. É sempre muito interessante enxergar outras formas de aplicação de determinada proposta ou os muitos pontos de vista de nossas leituras e reflexões.
Esperamos ansiosos sua colaboração!

Fãs Ideia Criativa

Seguidores do Ensino Fundamental

Google+ Badge

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...